sábado, 7 de fevereiro de 2015

Seu cachorro está com ciúmes?

Para saber se o cachorro está com ciúmes, um primeiro passo importante é analisar a situação da casa e se há alguma novo fator que pode estar causando essa sensação no animal.  Em vários casos, a entrada de uma nova pessoa ou animal na casa provoca esse sentimento no cachorro.

De acordo com o especialista Dr. Stanley Coren, os cachorros são animais sociais e o ciúmes é um sentimento que aparece em nossas interações sociais.  Além disso, os cachorros possuem o mesmo hormônio associado ao ciúmes e à inveja do que os humanos, chamado de ocitocina.

Estudos revelam que cachorros sentem ciúmes e inveja quando se sentem injustiçados

Um estudo conduzido pela Universidade de Vienna mostra que os cachorros podem ficar com ciúmes quando sentem que não estão recebendo a recompensa justa ou quando eles sentem que outra pessoa ou animal está recebendo mais do que eles.  Por exemplo, pedir para dois cachorros darem a pata mas só recompensar um pelo ato, faz com que o cachorro se sinta injustiçado por não receber a mesma recompensa pelo mesmo ato.  Como resposta, o cachorro que não recebeu a recompensa pára de dar a pata.

O psicólogo da Universidade de Portsmouth, Dr. Paul Morris, ressalta que um cachorro sente ciúmes quando o dono traz um parceiro novo para a casa.  Tão profundo é esse sentimento, aliás, que o cachorro pode sentar entre as duas pessoas e pode até se recusar dividir a atenção do dono com a nova pessoa. Diversos donos também atestam perceber que seus cães sentem ciúmes do novo bebê ou de uma criança que entrou na casa.

Bio Florais: O bebê chegou
Alguns animais se sentem ameaçados pela chegada de um bebê.  Para essa fase na sua vida, considere o floral O BEBÊ CHEGOU, que induz os sentimentos de segurança e de proteção, e estimulam coragem no cachorro.

Dr. Stanley Coren confirma que várias cadelas sentem ciúmes dos seus filhotes, que recebem atenção dos donos, que antes era somente delas.  Em alguns casos, o comportamento da mãe pode até ser agressivo em relação aos filhotes por conta desse sentimento.

Sinais que o seu cachorro está com ciúmes

Os cachorros podem exibir alguns sinais físicos que mostram que eles estão com ciúmes.  Dentre eles estão:

Latidos excessivos quando o dono mexe com o outro animal ou pessoa.  Quando você se aproxima da pessoa ou animal que o seu cachorro tem ciúmes ele começa a latir?  Várias vezes, quando um cachorro está com ciúmes, ele late para alertar e também para receber alguma atenção do dono.  Dependendo da sua reação, você pode incentivar o seu cachorro a latir sempre que estiver com ciúmes.

Xixi pela casa toda.  Alguns cachorros fazem xixi para marcar o seu território ou até para chamar a atenção do dono quando estão com ciúmes.

Destruir a casa, se esconder ou não sair do seu lado.  Quando o cachorro está com ciúmes, ele pode mudar o seu comportamento para chamar sua atenção. Dentre eles estão destruir os objetos da casa, comer mais, parar de comer, não sair do seu lado, ou passar o dia escondido para chamar a sua atenção.

Agressividade.  O estágio mais intenso de ciúmes é quando o cão apresenta sinais de agressividade, como morder ou dar patadas em uma pessoa ou animal.

Outras mudanças em comportamento.  Cada cachorro é diferente e, portanto, pode apresentar diferentes mudanças no seu comportamento quando está com ciúmes.  Chorar e lamber as patas, por exemplo, também podem ser sinais de ciúmes e de ansiedade. O importante é notar as mudanças no comportamento do seu animal e relatá-las para um especialista em comportamento canino.

Bio Florais: Carência e síndrome do abandonoSe o seu cachorro estiver exibindo alguns dos comportamentos acima, considere o floral CARÊNCIA E SÍNDROME DE ABANDONO.   Esse composto busca tratar o apego, a possessividade e é indicado para animais que parecem mostrar rancor, urinando em lugares impróprios, destruindo coisas, e mais.

Como tratar um cachorro que está com ciúmes

Nos casos mais extremos, é possível que um cachorro que está com ciúmes sofra também de problemas de saúde.  Isso pode ocorrer, por exemplo, quando o cão pára de comer ou lambe excessivamente suas patas. Quando esse for o caso, busque não só o acompanhamento de um adestrador mas também o de um veterinário.

Ainda que seja importante que você mostre ao seu animal que não seu cão não é o único que merece a sua atenção, em vários casos, a mudança no seu comportamento quando essa nova pessoa ou animal entrou na sua casa foi muito grande. Por isso, para o seu cachorro, continuar sabendo que ele tem o seu carinho e atenção pode fazer uma grande diferença. A associação positiva com o novo membro da casa também pode ser um passo fundamental para que o cachorro deixe de ter ciúmes e comece a associar o novo membro com coisas boas, como petiscos, carinho e atenção. Por fim, busque respeitar os limites do animal e não forçar as situações. Isso pode ajudá-lo a proporcionar uma transição mais tranquila.

Foto principal: Sad Mumby por Angela N. / CC BY 2.0
Foto: Princess Doesn’t Like the Young Pup Getting Into Her Space por Steve Baker / CC BY-ND 2.0

Nenhum comentário: